A CORRELAÇÃO DOS MECANORRECEPTORES NA LIBERAÇÃO MIOFASCIAL PARA REABILITAÇÃO CINÉTICOFUNCIONAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Rodrigo Silva Perfeito, Isis de Andrade Barbosa

Resumo


A técnica de liberação miofascial atua através de mobilizações manuais ou instrumentais, no qual, o terapeuta aplica um tipo de estresse mecânico no tecido alvo, visando melhorar a performance do movimento ou alguma disfunção osteomioarticular. Uma das principais teorias para o sucesso da técnica seria a estimulação do Sistema Nervoso Central (SNC) por meio dos mecanoceptores. Assim, o objetivo desse estudo é o de correlacionar a ação dos mecanorreceptores nos efeitos positivos que liberação miofascial proporciona na reabilitação de pacientes com perda de deslizamento intertecidual. Para isto, utilizamos um formato de revisão de literatura sistemática a partir de análises de artigos científicos encontrados nas bases de dados Pubmed, Medline e Lilacs. Os critérios de inclusão foram publicações em português, inglês e espanhol no período de 2008-2020, e que após leitura de resumo, apresentasse a correção com o objetivo aqui traçado, resultando em 9 referências. Outros artigos foram pesquisados no Google Acadêmico para complemento das reflexões. Considera-se que a técnica de liberação miofascial influencia os mecanorreceptores, e consequentemente, no resultado alcançado.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.