O EFEITO DA TERAPIA MANUAL E DA FISIOTERAPIA CONVENCIONAL NO TRATAMENTO DA DOR LOMBAR AGUDA: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO

Péricles Celestino dos Santos, Luciane Cristina Jóia, Marcio Massao Kawano

Resumo


Objetivo: Avaliar a eficácia da terapia manual no tratamento de dor lombar aguda comparada a fisioterapia convencional nos desfechos dor e funcionalidade. Métodos: Estudo controlado randomizando composto por 69 indivíduos, idades entre 18-65 anos. Os pacientes foram submetidos a dois tipos de tratamento: terapia manual e fisioterapia convencional e após 12 semanas (24sessões, 2x por semana/50min cada) e um acompanhamento de 3 meses. Os pacientes foram alocados em GTC (n=31) e GTM (n=28). Os protocolos foram específicos de cada método de tratamento. Resultados: Houve diferença estatisticamente entre e intra-grupos. Ambos os grupos obtiveram melhora nos desfechos avaliados. Quando analisados ao longo do tempo, o GTM demonstrou melhores evidências na funcionalidade e diminuição significativa da dor entre o início e o final do tratamento (P <0,05). Conclusão: A terapia manual apresentou melhores evidências comparada à fisioterapia convencional nos desfechos dor e funcionalidade no tratamento de pacientes com dor lombar aguda.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.