RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA ESCOLA PARTICULAR DE BARREIRAS – BA: UMA ANÁLISE DAS TEORIAS DE PIAGET E VYGOTSKY

PAULA LOISE MENEZES DOS SANTOS RAMOS, ROSANA MARIA REIS DOS SANTOS, THIAGO FERREIRA ARAUJO

Resumo


No presente trabalho, foi feito uma comparação entre teoria e prática, onde identificou-se numa escola particular de Barreiras – Ba, os fenômenos estudados em sala de aula na disciplina de Fundamentos do Processo Ensino Aprendizado. O reconhecimento dos fenômenos ocorreu por meio da observação da rotina dos alunos. Na qual foi possibilitado a oportunidade de conhecer de forma prática o processo de aprendizagem e desenvolvimento de crianças, asssim como propostas nas teorias de Piaget e Vygotsky, essas teorias são de extrema importancia para as areas da psicologia, como também, outras areas do conhecimento como a pedagogia, sociologia, etc. A epistemologia é o ramo da filosofia que se ocupa do conhecimento humano. Por isso Jean Piaget designou sua teoria do conhecimento de epistemologia gnética, que procurou desvendar como o processo de conhecimento se constitui nos seres humanos. Piaget considera que o indivíduo se desenvolve a partir da sua ação sobre o meio em que está inserido, e dessa forma, o papel da epistemologia genética é explicar a ordem de sucessão em que as diferentes capacidades cognitivas se constroem. (PÁDUA, 2009) Já Vygotsky, enfatizava o processo histórico-social e o papel da linguagem no desenvolvimento do indivíduo. Sua questão central é a aquisição de conhecimentos pela interação do sujeito com o meio. Para o teórico, o sujeito é interativo, pois adquire conhecimentos a partir de relações intrapessoais, interpessoais e de troca com o meio, a partir de um processo denominado mediação. Considerando assim, o indivíduo como um ser ativo, histórico e social. (RABELLO, 2010) Assim, a finalidade geral do presente relato, é apresentar como as postulações dos dois autores acontecem na prática, como assimilação, acomodação e equilibração, o processo de criação de signos, a divisão do desenvolvimento em fases, as zonas de desenvolvimento (real, potencial e proximal), etc. Tendo como objetivo especifico descrever as vivências, experiências e observações realizadas com estudantes de uma turma do ensino infantil composta por 9 crianças de 4 anos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.