ASPECTOS RELACIONADOS À QUALIDADE DE VIDA DE ESTUDANTES DURANTE A JORNADA ACADÊMICA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

ANA BEATRIZ RODRIGUES SALDANHA, MICHELLE PORTO GUARNIERI

Resumo


O ingresso na jornada acadêmica é permeado por uma série de vivências que impactam profundamente a qualidade de vida dos estudantes. É um momento de intensas mudanças, adaptações e descobertas. A pesquisa sobre qualidade de vida ultrapassou sua procedência na área de saúde e constitui hoje um dos campos mais valiosos para o diálogo entre as distintas disciplinas e escolas de pensamento, no sentido da busca de crescimentos reais para as pessoas das mais diferentes culturas (ALMEIDA; GUTIERREZ; MARQUES, 2012). De acordo com o glossário do Ministério da Saúde (2012), a qualidade de vida é entendida como o “grau de satisfação das necessidades da vida humana – como alimentação, acesso à água potável, habitação, trabalho, educação, saúde, lazer e elementos materiais – que tem como referência noções subjetivas de conforto, bem-estar e realização individual e coletiva”. Segundo Pedro (2013), é notório que a qualidade de vida envolve tanto a avaliação cognitiva da vida universitária como as experiências afetivas que ocorrem durante todo o tempo que se passa na universidade. Atentar às proporções que permeiam a singularidade e multidimensionalidade do cotidiano acadêmico faz-se essencial na atualidade, sendo propício o estudo a respeito da qualidade de vida de estudantes do ensino superior (ANVERSA ET AL. 2018). Em face disso, supõe-se que existem diversas implicações subjetivas envolvidas na escolha do ingresso ao meio acadêmico, a exemplo das questões fisiológicas, existenciais, emocionais e idealizações. Tais aspectos vão impactar sobremaneira a qualidade de vida dos estudantes. Torna-se relevante o aprofundamento nas discussões a cerca da temática para que o olhar e as intervenções feitas sejam eticamente direcionadas à escuta, acolhimento e orientação a essas pessoas. Nesse sentido o artigo tem como objetivo analisar como a qualidade de vida dos estudantes sofre modificações no momento em que adentram o mundo acadêmico. Para isso, será necessário considerar o percurso histórico, social e os desdobramentos emocionais que perpassam essa jornada e identificar alterações nos aspectos fisiológicos advindos das demandas do contexto acadêmico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.