A NECESSIDADE DO ENGAJAMENTO POLÍTICO NA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA DE BARREIRAS-BA EM PROL DA CONSTRUÇÃO DE UMA CONSCIÊNCIA COLETIVA TRANSFORMADORA

CAIKE MENDES PAIVA E CARDOSO, VICTOR FERREIRA BARBERINO, FLÁVIO MARCELO RODRIGUES BRUNO

Resumo


O objetivo geral da pesquisa é transformar pelo meio acadêmico a indignação em ação através do engajamento político da comunidade universitária de Barreiras-BA, pautado no diálogo e na participação direta de todos nas decisões de relevância social. Cabe destacar que ativismo significa transformação da realidade por meio da ação prática, ou seja, é possível mudar o jeito de se fazer política com ação, e política é tudo aquilo que se refere à sociedade. Tal definição traz total compatibilidade com os anseios dos membros das Universidades, principalmente públicas, visto que o município de Barreiras-BA, abriga três dessas instituições de nível superior, duas de competência federal, que é a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) e o Instituto Federal da Bahia (IFBA), e uma de atribuição estadual, Universidade do Estado da Bahia (UNEB). O desejo de fazer efetiva essa pesquisa nasce da insatisfação com a realidade política que é fervorosamente e de grande reciprocidade com o real, expressa nas palavras de Darcy Ribeiro (2015, p.368): O ruim no Brasil e efetivo fator do atraso, é o modo de ordenação da sociedade, estruturada contra os interesses da população, desde sempre sangrada para servir a desígnios alheios e opostos aos seus. O que houve e há é uma minoria dominante, espantosamente eficaz na formulação e manutenção de seu próprio projeto de prosperidade, sempre pronta a esmagar qualquer ameaça de reforma da ordem social vigente Sendo os universitários a próxima geração a dar continuidade a apreciação pelo saber e também sendo fruto do dinamismo social, é indispensável que essa classe proteja com vigor os avanços em questões humanitárias resguardado por consolidações jurídicas presentes na Constituição Cidadã de 1988. Além disso, a participação propositiva dos estudantes possibilita a criação de políticas públicas que visam diminuir a precariedade dos serviços básicos necessários ao convívio social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.