AVALIAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DE QUALIDADE DO LABORATÓRIO ESCOLA DA FACULDADE SÃO FRANCISCO DE BARREIRA BARREIRAS (FASB)

ANA PAULA ALBERNAZ SOARES, BRUNA BRASIL, LUANE EMERENCIANO

Resumo


O controle de qualidade é um conjunto de metodologias e procedimentos operacionais que tem como principio monitorar o cumprimento dos requisitos específicos da qualidade. Este pode ser feito por meio do Controle Interno de Qualidade (CIQ) que tem por finalidade avaliar se o sistema analítico apresenta resultados dentro dos intervalos pré-estabelecidos, bem como identificar inconformidades para garantir a melhoria das atividades no laboratório clinico (DIAS, et al.,2018). De acordo com a RDC 302/2005, os laboratórios clínicos devem assegurar a confiabilidade dos e serviços laboratoriais prestados por meio da realização do CIQ, e este monitoramento é feito por meio da análise de amostras controles comerciais regularizadas junto a ANVISA/MS. Segundo o prospecto do controle de qualidade de bioquímica da Bioclin, que é utilizado no Laboratório Escola da FASB, o CIQ é importante para monitorar a exatidão e precisão de testes analíticos e possui valores específicos para cada exame. Os valores fornecidos devem ser utilizados como orientação, sendo que cada laboratório deve estabelecer seus próprios limites de precisão. A média do laboratório deve, contudo, estar dentro da média aceitável para os parâmetros fornecidos (BIOCLIN, 2014). Os resultados dos exames fornecidos pelo Laboratório Escola causam impacto direto sobre o tratamento dos pacientes, e o CIQ tem papel fundamental nesse processo por atuar na redução dos erros analíticos dando assim maior confiabilidade nos resultados obtidos. Dessa forma, considerando a importância do controle interno de qualidade, o presente estudo tem como objetivo avaliar a eficácia do controle interno de qualidade do Laboratório Escola da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.