Editorial

Ricardo Menna Barreto

Resumo


[Quadro XXI. Noite de Santa Valburga. Montanhas de Harz. Região de Schirke e Elend, Cena 1, Fausto e Mefistófeles]. Fausto:“Se há gosto que me encante na jornada que faço, é isto: ir à vontade vendo este labirinto e sua variedade [...]; Poderá resistir a natureza humana a tais influições?”

 

Campo Jurídico é como a narrativa goetheana: um “labirinto variado”, onde o leitor de espírito vigilante, crítico e reflexivo, ao trilhá-lo, possivelmente não resistirá às influições teóricas contidas nesse espaço jurídico-doutrinário.

Jubilosos, abrimos, goetheanamente, o Editorial deste vol. 2, nº 2, de Campo Jurídico – Revista de Direito Agroambiental e Teoria do Direito. Em seu segundo ano de existência, este jovem periódico jurídico, forjado no caloroso (humano e climático) oeste baiano, vem, ao mesmo tempo, para registrar e aquecer o debate doutrinário que envolve a dogmática agro-ambiental e a teoria do direito.


Palavras-chave


Campo Jurídico; Editorial

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXAÇÕES

Início