O Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB), realizou nesta quarta-feira (10), no Auditório João Altivo Bergamo, a cerimônia de colação de grau em gabinete, do curso de Direito. O espaço, apesar de possuir capacidade para um público de cem pessoas, desta vez restringiu o acesso para apenas dez, por colação. Além disso, o evento obedeceu a todas as normas de saúde, em relação ao enfrentamento à Covid-19, enfatizando que a instituição se encontra em um rígido contingenciamento de atividades educacionais e administrativas. 

 Para o reitor do UNIFASB, André Bergamo, as colações de grau geralmente são em ritmo de festa e com muitos convidados. Porém alguns alunos optam por realizar a cerimônia desta forma, mais simples, mas também com a presença de parentes e amigos. No entanto este evento aconteceu praticamente de portas fechadas por causa da pandemia do novo Coronavirus.

Bergamo destacou também, a importância do papel do profissional de Direito, nos dias atuais. “Vivemos épocas de intolerância em que muitas pessoas estão na defensiva ou querendo atacar, prontas para o combate e vocês, recém-formados, precisam atuar buscando a conciliação e harmonia na sociedade”, frisou o reitor agradecendo a escolha por cursarem o UNIFASB.

Semana de colações - Na segunda-feira, (08), também foram realizadas outras formaturas, com colação de grau em gabinete, todas obedecendo as preconizações de segurança em saúde, seguindo leis e decretos do Município e do Estado. Nos dois dias, segunda e quarta-feira acadêmicos de cinco cursos: Agronomia, Educação Fisica, Ciências Contábeis, Psicologia e Direito, obtiveram a colação de grau no Ensino Superior.

A formada em Direito Flávia Luíza, relata que a colação nesse molde é uma ótima alternativa. “Passei na prova da OAB final do ano passado e estou focada em outras atividades, não tenho interesse em festas, afinal é uma época difícil de pandemia. Venho da cidade de Macaúbas, o distanciamento é a melhor opção para preservar minha saúde e da minha família”, destaca a recém-formada.