Na abertura da primeira parte do Centro Integrado de Saúde (CIS) no Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB) abre amplas perspectivas para os estudantes dos cursos de saúde da instituição. Durante a semana, a direção realizou encontros com as turmas para apresentar a dinâmica de funcionamento da nova estrutura e esclarecer eventuais dúvidas. Nas reuniões, realizadas quarta-feira (16) e quinta-feira (17), o diretor presidente Tadeu Sérgio Bergamo, do Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras (IAESB), entidade mantenedora do UNIFASB, juntamente com coordenadores de cursos, apresentou aos acadêmicos as mudanças inerentes à criação do CIS, ouviu as demandas e esclareceu dúvidas relacionadas a atuação de cada curso na atual estrutura.

“O modelo escolhido para estruturar o Centro Integrado de Saúde do UNIFASB favorece a aplicação da proposta pedagógica adotada desde o início dessa instituição, há 20 anos. É marcado pela interdisciplinaridade e interprofissionalidade. Significa que, tanto nos consultórios, quanto nas salas de discussões clínicas, será fundamental o encontro entre alunos de Biomedicina, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina e Psicologia, orientados por professores, elevando o aproveitamento do aprendizado ao mais alto grau”, disse Bergamo. A parte concluída do CIS conta com 16 consultórios, sala de discussões clínicas para cada três consultórios, raio-x, ultrassom, ecocardiografia, sala de métodos gráficos – eletrocardiograma, holter e mapa.

O coordenador do curso de Biomedicina, Leandro Dobrachinski, enfatizou o avanço das atividades de ensino e estágio com a chegada do CIS. “Em muitos locais em que fazem estágio, no mercado de trabalho, os alunos reclamam que o aproveitamento do aprendizado é baixo devido ao desinteresse das empresas em repassar conhecimento. Com essa nova realidade, teremos um departamento empenhado em ensinar, com situações reais. O centro Integrado de Saúde do UNIFASB vem para beneficiar, de igual maneira, a todos os acadêmicos dos cursos de saúde”, explicou. O coordenador lembrou que o curso de Biomedicina, que já é dotado de equipamentos tecnológicos únicos no Oeste baiano, avança mais um nível, por oferecer uma vivência ainda mais prática, atuando com outras especialidades.

A oportunidade também serviu para que o professor Tadeu Bergamo se despedisse dos alunos e revelasse planos futuros. A partir de agora ele estará afastado das atividades administrativas da IAESB para se dedicar à construção do Hospital Universitário São Francisco de Barreiras. A unidade hospitalar, contará com investimentos na ordem de R$ 40 milhões e é uma parceria com a Sociedade Médica de Barreiras (SOMEB). As atividades administrativas do UNIFASB estarão a cargo do recém empossado reitor André Henrique Bergamo e da pró-reitora de Administração, Joana Neiva Ramos.