A primeira fase do Centro Integrado de Saúde foi entregue, na noite desta segunda-feira (14) em cerimônia realizada no Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB). A solenidade reuniu estudantes, professores e coordenadores dos cursos da área de saúde da instituição. O primeiro departamento inaugurado está apto a oferecer, seja pelo sistema público ou convênios, assistência médica ambulatorial, com consultas em diversas especialidades. Entraram em funcionamento 16 consultórios, com salas de discussões clínicas, raio-x, ultrassom, ecocardiografia, sala de métodos gráficos – eletrocardiograma, holter e mapa. O projeto completo prevê a implantação de 37 consultórios, com laboratórios e outros exames de imagem como endoscopia digestiva.

O coordenador de ensino do curso de Medicina, Dr. Nailton Jatobá, falou sobre a importância da implantação da infraestrutura. “Com esse conjunto de recursos disponibilizados no Centro Integrado o estudante de cursos na área de saúde não vai ficar limitado à ambiência teórica, terá também a vivência prática. A grande maioria das instituições de ensino superior com cursos na área não têm essa estrutura”. Ele enfatizou ainda, a integração entre os cursos da UNIFASB. “A interdisciplinaridade e a interprofissionalidade serão potencializadas. Aqui nós temos as condições para o aprendizado e a prática da Medicina, Biomedicina, Fisioterapia, Enfermagem, Psicologia entre outras áreas. Todos os alunos da UNIFASB serão bem-vindos e farão parte desse processo”.  

Tadeu Sérgio Bergamo, presidente do Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras (IAESB), entidade mantenedora da UNIFASB, disse que a implantação do Centro Integrado já alcançou 40% dos objetivos previstos no projeto. “Pedimos aos alunos, no início, que acreditassem em nós. Eles responderam positivamente e estamos fazendo jus à confiança recebida, construindo esse empreendimento com o que há de melhor, que seja possível fazer”. Bergamo esclareceu que o Centro Integrado de Saúde é uma estrutura distinta do Hospital Universitário São Francisco de Barreiras, cuja construção está em andamento, mas que ambas terão impacto no crescimento das ações em saúde pública e privada na região, bem como, para os estudantes da instituição que passam a ter condições próprias para o exercício dos estágios e treinamentos.

“Para cada três consultórios teremos uma sala de discussão. Vamos poder compartilhar as experiências com professores e colegas dos cursos de saúde, após acompanhar os atendimentos aos pacientes. É uma experiência real da prática da Medicina, por isso é muito enriquecedora”, explicou o estudante José Vitor Cambuí Cordeiro, do 6º semestre do curso de Medicina. Outro estudante, Arthur Schmidt, também do 6º semestre, comemorou a entrega do equipamento. “Nós, estudantes, e a população estamos colhendo os frutos desse trabalho. Nunca duvidei que alcançaríamos esse momento. Esses recursos, combinados com o que já aprendemos e ainda vamos aprender, são a confirmação de que teremos uma ótima formação”, disse.