A formatura é um momento cheio de significados para familiares e concluintes do ensino superior. Simboliza um período de intenso aprendizado, superação e, para aqueles que persistem, vitórias que mudam as trajetórias pessoais. Para a primeira turma de Biomedicina da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), o fim desse ciclo ocorreu, oficialmente, na noite desta sexta-feira (16), no Ginásio Multiuso da instituição. A celebração, prestigiada por centenas de convidados, aconteceu em um ambiente vibrante, digno de um curso que atingiu a nota máxima (cinco) na avaliação do Ministério da Educação (MEC).

“O fechamento desse ciclo é a conclusão de um trabalho no qual a FASB tem investido cada vez mais. Não somente na questão da infraestrutura, mas na qualidade humana. O que a FASB entrega hoje para o mercado de trabalho, além de profissionais qualificados, são seres humanos aptos e capazes de entender todas as necessidades que envolvem a saúde humana. Com certeza, serão profissionais humanizados que vão participar de maneira muito intensa da melhoria da saúde, não só de Barreiras, mas de toda a região”, refletiu Leandro Dobrachinski, coordenador do Curso de Biomedicina.

Uma das biomédicas formadas pela FASB, Renata da Cruz Mota, destacou as mudanças na filosofia de vida que se tem no período acadêmico. “É um sentimento de gratidão que eu sinto agora. Por tudo de bom que aconteceu aqui na FASB. Com a convivência com pessoas diferentes a gente consegue aprender o que é o ser humano de verdade. A vida acadêmica faz a pessoa se desligar de muitas coisas e focar nos pacientes, nos seres humanos que precisam de ajuda”, declarou. Ronimarkes Mota, pai de Renata, visivelmente emocionado, destacou a conquista dos alunos e da instituição. “É uma honra muito grande ter uma filha fazendo parte desta turma histórica. Acompanhei a luta dos alunos e da própria FASB para dar ao curso a fluidez necessária para que tudo acontecesse da melhor maneira possível”, disse.

Enoc Lima do Rego foi um dos professores homenageados da noite. “O que estamos festejando hoje é o reconhecimento de um trabalho em conjunto, realizado pela direção da FASB, professores e a dedicação plena dos alunos. O curso de Biomedicina torna-se referência e traz consigo a influência para os demais cursos, muitos deles com nota quatro, faltando pouco para chegarem à nota máxima”, disse o docente. “Quando o trabalho é sério, feito com planejamento e empenho, os resultados aparecem. Isso o que estamos vivendo aqui na FASB”, concluiu.