Acadêmicos do 10º semestre curso de Enfermagem da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) estão mobilizados na campanha "Agosto Dourado", que tem o objetivo de orientar gestantes e lactantes sobre a importância do leite materno na alimentação dos bebês, especialmente nos primeiros meses de vida. Nesta quarta-feira (14), foram realizadas palestras nos postos de saúde da família Albert Sabin, no centro da cidade, e na unidade do Jardim Ouro Branco. Além das informações nutricionais, que indicam o leite materno como um alimento completo, com todas as proteínas, gorduras, vitaminas, açúcares e água que uma criança precisa para se desenvolver, o público foi orientado sobre os cuidados com a higiene e as posições mais favoráveis durante o ato de amamentar.

“Eu já sabia que a amamentação era passagem importante, que é a melhor refeição da criança, principalmente nos primeiros meses, mas não sabia que o leite materno deve ser o único alimento nessa fase. A gente ouve as pessoas dizendo que pode dar água, um chazinho, algo leve, mas aqui aprendi que não necessita de mais nada além disso. Além disso aprendemos como posicionar o bebê, para que ele não corra risco de ficar sufocado ou engasgar no momento de amamentar”, disse a gestante Nauanny Sabel.

A estudante Bruna Christi, que participou da atividade, esclarecendo sobre os mitos da amamentação e levando orientações às gestantes, falou sobre a relevância da atividade para ela, do ponto de vista profissional. “A importância dessa campanha se dá pelo fato de que muitas vezes a gente observa, nas nossas atividades práticas, o desconhecimento da população, potencializado pelos mitos que cercam o aleitamento ao longo do tempo. Muitas vezes as mulheres chegam na maternidade, ou no hospital, sem o conhecimento básico. Na unidade de saúde a gente consegue instruir essas mães para que elas estejam preparadas quando chegar o momento de entrar em trabalho de parto”, explicou.

A professora Carla Doralice coordenou o grupo durante a atividade. “Essa campanha de incentivo ao aleitamento materno traz benefícios tanto para a genitora, quanto para o seu bebê. São ações de educação em saúde importantes e devem acontecer com mais frequência. Nós estimulamos esse tipo de ação entre os nossos acadêmicos de enfermagem, porque além de saber fazer o trabalho prático do enfermeiro, eles também devem promover a saúde, devem realizar ações em educação e saúde. Trabalhar com a prevenção é sempre mais produtivo do que buscar a cura”, comentou. As professoras Luciana Anagelo e Carine Jamile, também estão à frente de equipes que atuam na campanha.  

“A gente está trabalhando com educação e saúde com a população, especialmente as gestantes, porque os inúmeros benefícios desse alimento fundamental, que é o leite materno, estão bem claros na literatura e no cotidiano. Os esforços da FASB e da Atenção Básica Municipal, nessa parceria de cunho social, trazem um grande exemplo de amor ao ser humano, já que investem na saúde e no bem-estar das futuras gerações. Sou egressa dessa instituição, e sei da importância dos alunos trazerem esse conhecimento acadêmico. A gente só tem que agradecer”, comentou a coordenadora do PSF Jardim Ouro Branco, Maira Fernanda.